Sulamot

Música para desenvolvimento social

Em cooperação com a Orquestra Filarmônica de Israel

Sulamot é um projeto que, através da música, procura dar uma nova perspectiva de vida para crianças e jovens que moram na periferia e vêm de famílias desestruturadas ou de baixa renda.

Essas crianças apresentam dificuldades de aprendizado e de sociabilização. Com o desenvolvimento musical, são estimulados valores como: autoestima, tolerância, disciplina, liderança, responsabilidade, trabalho em equipe, persistência e ética contribuindo para a inserção desses jovens de forma produtiva na sociedade.

O programa tem supervisão dos músicos e do diretor musical da Orquestra Filarmônica de Israel, além da supervisão psicológica da Escola de Assistência Social da Universidade de Tel Aviv. Cada criança ganha seu próprio instrumento e elas participam da formação de uma orquestra, onde cada integrante é fundamental para o todo.

Nossa missão é investir nesses jovens para fortalecer a sociedade israelense e desenvolver um país mais igualitário. Um Estado de Israel forte é a garantia de um futuro promissor e seguro para os judeus ao redor do mundo.

Realizações:

  • O projeto atende 17 escolas de periferia e cerca de 5.000 crianças e jovens.
  • Mais de 1000 crianças tocam em 18 orquestras em todo o País.

Depoimentos


Orit Shakabi, Diretora da Escola Hadarim Rechovot
A música é uma linguagem, ela proporciona uma ponte entre várias culturas. No Sulamot, as crianças recebem um instrumento que pode ajudá-las a obter sucesso em qualquer lugar do mundo e a se desenvolverem.

Sarah Elbaz, Diretora Sulamot
Sinto que os recursos estão sendo destinados às crianças certas. E de repente nós músicos, assumimos um papel que pode mudar a sociedade. Quem imaginaria que músicos, que todos os dias tocam escalas musicais (sulamot) em seus instrumentos, poderiam oferecer às crianças uma escada (sulamot) para subir de status social.

Participantes

Eu acho que tocar um instrumentos ajuda meus amigos a serem menos violentos comigo e com os outros.

No início, há três anos, não sabíamos como tocar, mas agora aprendemos e tocamos bem. Isso nos faz sentir felizes por dentro e por fora.

Você sabe que pode ir em frente para alcançar realizações enormes e, se D`us quiser, quando adulto, continuar as conquistas.